segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Guarda Municipal passa a atuar com spray de pimenta

A Guarda Municipal recebeu na última semana spray de pimenta (ver foto) com instrumento de defesa. Segundo o major Mendes, chefe de departamento da Guarda Municipal, o que motivou o uso foram as ocorrências, que aumentaram desde quando a GM
GM recebe o spray de pimenta
GM recebe o spray de pimenta

começou a atuar no final de 2008. Além disso, foram registrados desacatos e agressões aos guardas nas ruas da cidade, por não possuírem armamento. Ele também afirma que pelo fato de suas atividades terem começado há pouco tempo, não seria interessante já solicitar uma autorização para o uso de armas devido a pouca experiência dos guardas, apesar de bem preparados. E acrescenta que ainda seria difícil para eles terem que preencher alguns quesitos exigidos pela Polícia Federal.
“O spray de pimenta não causa nenhuma lesão. A pessoa sente irritação nos olhos e fica desnorteada por aproximadamente quarenta minutos, para que o guarda tenha condições de dominar a situação”, afirma o major.
O uso do spray de pimenta foi legalizado por meio de uma instrução normativa, a portaria nº 1.382, que orienta o momento apropriado para utilização.
Sobre o preparo, a Guarda passou por um treinamento (ver foto) em que eles próprios sentiram o efeito do spray para saber que não causa nenhum dano. O major Mendes esclarece que sempre que os guardas municipais fizerem uso, terão que escrever um relatório explicando o motivo desta atitude. Todos os 137 guardas receberam o equipamento.

Guarda Municipal em treinamento
Guarda Municipal em treinamento
As opiniões se dividem. A advogada Simone Antunes fala que não é a solução para todos os problemas da cidade, mas pode ajudar. Já a estudante Fernanda Rocha diz que não é uma medida eficaz, por ser algo muito simples, e que o guardas deveriam ter maior poder para agir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário