sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Ministério da Justiça libera R$ 20 milhões para financiar projetos de guardas municipais


O Ministério da Justiça anunciou hoje (9) a liberação de R$ 20 milhões para financiar projetos sobre educação, saúde e melhoria das condições de trabalho dos guardas municipais. As prefeituras com efetivo de até 200 guardas devem apresentar propostas à Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Segundo o ministério, os projetos serão encaminhados por meio do Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse (Siconv). As propostas deverão tratar de pelo menos um tema em cada área e ter orçamento entre R$ 100 mil e R$ 1 milhão. O valor máximo vai depender do tamanho do efetivo da guarda municipal da cidade. O período para apresentação de propostas vai de 21 de agosto a 13 de setembro.

Na área de educação, as propostas podem tratar da criação e aprimoramento de laboratórios de informática; compra de equipamentos para salas de aula, auditório, salas de estudo; cursos para guardas que lecionam; e cursos parar operadores da Guarda Municipal.

Dentro de saúde e as condições de trabalho, os temas são: reduzir riscos no trabalho; prevenção e tratamento de dependência de álcool e outras drogas; e qualidade de vida.

Uma audiência pública sobre o Edital de Chamada Pública 2 está marcada para o dia 14 de agosto. A presença na audiência deve ser confirmada até o dia 13, pelo e-mail ensino.senasp@mj.gov.br.

2 comentários:

  1. MINISTÉRIO DA JUSTIÇA( SENASP), MOSTRA O DESPREZO PELOS PEQUENOS MUNICÍPIOS, SÓ OS COM 200 OU MAIS GCMS PODEM FAZER O CONVENIO,""" MESMO OS GCMS DOS MUNICÍPIOS MAIORES TEMOS QUE SER SOLIDÁRIOS COM OS IRMÃOS GCMS DOS PEQUENOS MUNICÍPIOS E MOSTRARA NOSSA INDIGNAÇÃO, SEJA 30,40,OU 200 GCMS TODOS TEMOS O MESMO VALOR.

    ResponderExcluir
  2. ORGULHO DE SER GUARDA, VERGONHA DE TER UM MINISTÉRIO DESTE.

    ResponderExcluir